As minhas SMS

Foi muito bom passar este fim de semana,
prolongado,... nós juntinhos quatro dias.
Mais tempo, para ficar quentinhos na cama,
enroscadinhos... longe das manhãs frias.

Porque hoje é domingo

Porque hoje é domingo:
vou sentar e descansar,
pensar que a vida é bela,
como é bom estar em familia,
sentir amor á nossa volta.

Porque hoje é domingo,
Nao vou ligar a televisão,
nem vou ao centro comercial,
muito menos ao futebol,
ou sair com os amigos.

Porque hoje é domingo:
Sei que tudo isso é bom,
e tambem muito importante,
mas a familia é muito mais,
e eu preciso estar presente.

Porque hoje é domingo:
vou brincar com o meu filho,
ficar abraçadinho á esposa,
relembrar nossas historias,
esquecer a segunda-feira.

Porque hoje é domingo:
Vai estar um lindo dia,
porque estamos felizes,
Temo-nos uns aos outros,
Muito carinho e amor.

As minhas SMS

Do chuveiro, a água a cair,
De desejo, corpos a tremer,
O prazer profundo a fluir,
O amor tudo faz acontecer.

Os elementos

Tu és a TERRA

Que me dá o sustento
O acolhimento
Que me alimenta
Que me acalenta

Tu és o FOGO

Que me incendeia
Me abraça e me rodeia
A luz que me ilumina
Me envolve e atina

Tu és a ÁGUA

Onde navega o meu sonho
Minhas energias reponho
Nela bebo a inspiraçao
Mato a sede de ilusao

Tu és o AR

Que respiro a cada instante
Mulher amada e amante
A quem amo e desejo
A quem deixo o meu beijo

No teu sono

Quisera eu cantar-te uma canção
Que te ajudasse a adormecer
Que te acalmasse o coração
E que ao ouvi-la sentisses prazer

Mas já é tarde e estás cansada
Precisas ir dormir rápidamente
Em vez de canção queres almofada
E para teu prazer um banho quente

Ficarei eu então a ver-te dormir
Na penumbra olhar teu rosto lindo
Teus olhos e teus lábios beijando

Admirar-te enquanto sonhas sorrindo
Em tua face meus lábios passando
Ficarei enquanto o sono permitir

As minhas SMS

Vale bem mais um minuto contigo,
Que toda uma vida a procurar-te.
Conheci-te, desde aí te quis comigo,
Hoje continuo a querer e a amar-te.

Frases soltas

Hoje senti que tinha de escrever
Não foi o cérebro que pediu
Nem a vontade de encher papel.
Os dedos só têm que obedecer
A uma ordem que de mim saiu.
Como um turbilhão de ideias
Amontoado de sentimentos
As palavras foram jorrando
Como se do fogo do coração
Saíssem em chamas pelos dedos.
Frases foram aparecendo
E eu sem ler, só escrevendo
Não podia… nem queria prende-las
Queimar-me-iam por dentro
Tal qual um fogo intenso
Devastando sem remorso
Todas as esperanças e medos
Desejos e sonhos também
Até nada mais ter para arder
Até já não ser ninguém.
Donde vem esta vontade?
Estas frases donde saem?
Momentos de insanidade?
Instantes de loucura?
Gritos surdos, sentidos
Vozes do além cá de dentro
Da felicidade que se procura
Em tantos momentos vividos
Dos beijos que nos são queridos
Da saudade que não tem cura
Do prazer que ás vezes sentimos
Da indiferença que ás vezes dura
Do recalcar do que amamos
Por não poder amar tudo
Daquilo que para trás deixamos
Do desejo que calamos
Do grito de dor que fica mudo
Na garganta que pensámos cortar
Quando sem saber onde estávamos
Sem sequer saber quem éramos
Quisemos por fim a tudo
Sem sequer nos lembrarmos
Que em cada momento que temos
Há sempre mais alguém ali
Mesmo longe,… desconhecido
Sem uma mão para estender
mas ao sentir um coração ferido
abre os olhos para ver
e se a mão não surge, algo aparece
lábios que calam, ouvidos que ouvem
um coração, que se desconhece
… que pelo grito padece,
e um amigo aparece

Para quê contar...

Mas para quê contar
Dizer o que me vai na alma
Se falar nao esvazia o peito
Nem tira do coraçao a saudade?
Como nesta tarde
O sopro da aragem calma
Não tráz até mim quem amo
Nao me tira esta ansiedade?

Para quê contar
ou até berrar bem alto
Se na frase sou o sujeito
E me falta o predicado?
Meu grito seria mudo
Na garganta ficaria abafado
Como o desejo que me invade
E me deixa estrangulado.

Espero pacientemente
Que ela volte formosa
Para que me possa soltar
Em sons de poesia ou prosa
Que só ela sabe inspirar.

As minhas SMS

Vai mulher e nao tenhas medo.
Exalta em ti o desejo contido.
Solta-te na minha boca em segredo,
Nao reprimas o prazer de um gemido,
Solta em mim o teu grito desabrido.

Pausa para sexo

Hoje á noite pensei assim:
-É hoje que vou fazer um soneto!
Com respeito pelas regra, ah sim!.
A mim mesmo, eu o prometo.

Comecei então a escrevinhar,
Ideias e versos num papel,
Frases soltas, mas sem rimar.
Relatando uma paixão cruel.

Mas nao consegui ordenar,
Aquelas frases sem nexo.
Fruto da minha imaginação.

Resolvi então a paixão matar.
Ir curtir uma hora de sexo.
Talvez depois tenha inspiração

Entre a Lua e o Mar

Caminho entre a Lua e o Mar,
Poucas vezes piso a terra,
Só para o corpo alimentar.
Não pertenço a esta guerra.
Meus pensamentos me bastam,
Dão-me tudo o que preciso,
No meu espirito eles pastam...
Jamais encontrarão o sizo.
Sonhos de loucura e amor,
Preenchem a minha vida,
Nao quero riqueza exterior.
Quero a alma engrandecida.
Quero sentir que sou amado,
Estar acordado e sonhar.
Poder ir para qualquer lado,
Deixar a imaginaçao voar.
Quero estar solto e escrever,
Continuar sempre imaginar,
A cada dia aprender e crescer
Todos os dias eu quero amar.

As minhas SMS

Finalmente o fim de semana,
Dois dias de mel e desejos,
Ficarmos enrolados na cama,
Namorar e cobrir-te de beijos.

Voltei... pelo teu olhar

Quando há tanto tempo parti

Abandonei tudo e fugi
Quis pôr tudo de lado
Abandonar o passado
Esquecer todas as pessoas
E até as coisas boas

Foi duro demais para mim
Não consegui até ao fim
Não resisti a esta vontade
De sonhar-te com verdade
Ouvir música com o coração
Não,… a mim mesmo disse não

Voltei para te encontrar
Para parar de sonhar
Para por fim te sentir
Para te poder ver sorrir
Ver o brilho dos olhos teus
Quando se fixam nos meus

Minha eterna paixão

Olho-te ...
Sinto-te ...
Sozinha na imensidão
de um espaço ocupado

Retratos
de um tempo passado
Cheiros que abundam
Que não se misturam
... Com o teu ...

Que prevalece,
Que permanece.
Que se entranha,
Que se não estranha.
Que se guarda ...
Como parte amada.
Dependência
Dessa tua essência,
Que sufoca até morrer.
Como overdose de prazer

Nao deixarei de te amar

Jamais meu coraçao,
deixará de te amar um dia!
Melhor será que meu corpo faleça.
Alimentas-me a alma.
Modelaste o meu espirito.
Não deixarei que tal aconteça.

Jamais meu coraçao,
deixará de te amar um dia!
Vieste quando estava a sofrer
Truxeste-me a calma,
Quando eu estava aflito.
Sem ti não poderei sobreviver.

Jamais meu coraçao,
deixará de te amar um dia!
És sangue que me corre nas veias.
És o ar que respiro.
És a minha poesia.
Musa das minhas epopeias.

Jamais meu coraçao,
deixará de te amar um dia!
Se assim for será o meu fim.
Meu ultimo suspiro.
O fim da escadaria.
O último dia para mim.

Teus olhos que falam

E se um dia,
parecendo que nada se passa,
teus olhos me fitarem...
Eu saberei entendê-los.
Serei capaz,
De receber o teu olhar:
Deixar que me penetre,
Até ao mais profundo de mim...
Chegar ao meu coração.
Pois é assim...
Que eu compreendo:
As palavras...
que deixas por dizer,
Aquelas que...
só eu sei entender,
Aquelas que...
só me dizes a mim.

As minhas SMS

Amar-te, é abrir o peito,
Soltar estas palavras que uso,
Ver em ti o meu amor perfeito,
Querer do coração, ser recluso.

Mar de Sonhos

Ao ver a imensidão deste mar
Tão forte..., mas que me acalma
Como a lembrança dos teus olhos
Bate sempre na minha alma.
Fecho os olhos para sonhar,
Vem-me, a lembrança de ti
Sonho..., sem os fechar
No instante que estou aqui.

E se cada onda que vem
Traz água a rolar e espuma,
Meu pensamento também
Não te perde a hora nenhuma.
E em cada onda que vai,
Fica areia a brilhar no escuro
O Sol no horizonte já cai
Eu tenho tudo o que procuro

Sem motivo, nem razão
A não ser tanto te querer
Sem porquê, nem explicação
Nada fiz para te merecer,
Para sentir esta paixão
Para tamanha felicidade viver.

As minhas SMS

Nada fiz para te agradar.
Nada fiz para te merecer.
A não ser tanto te amar.
A não ser tanto te querer.

As minhas SMS

Dias há que de manha, ao acordar,
Olho a janela e vejo um sol radioso.
Mas, para um bom dia começar,
Tenho de ter o teu beijo gostoso.

1 ano a Escrever n'Areia

Agradeço as homenagens tao lindas,
Que reçebo e me impelem a continuar.
Se rimas e inspiraçao nao forem findas,
Sempre poesia continuarei a postar.

Nao tenho formaçao superior,
Minhas trovas nao sao eruditas,
Sinto,... canto a alegria e a dor,
Com palavras nem sempre bonitas.

Mas a vida é mesmo assim,
Momentos de alegria e tristeza.
Tudo isso que sai dentro de mim,
E procuro pintá-las com beleza

Alguns coraçoes espero aquecer,
Com a minha poesia de verdade.
A todos procuro e sonho trazer,
Um sentido abraço de amizade.

Obrigado a todos/as

Eu ás vezes Racionalizo

A vida é uma mistura de crueldades e prazeres,
que nos fazem querer sempre mais e ir mais longe.
Procurar em cada esquina e a cada minuto,
a felicidade que sempre segue perto de nós,
mas que poucos... muito poucos,
conseguimos de facto alcançar.

…Uma rosa

Ele olhou aquela rosa ali pousada,
Naquele banco de jardim sem ninguém.
Levantou o olhar e mais á frente,
Viu-a soluçar amargurada.
Por entre canteiros mortos mais além,
Um homem ia apressado e indiferente,
Deixando-a á sua sorte abandonada.

No céu, nuvens revoltas escurecem
Partilhando com ela a sua dor.
Na sua frente cai prostrada a ilusão.
Dentro dela, ruindo, desvanecem
Juras, promessas e sonhos de amor
Que agora ferem fundo seu coração
Como lanças de gelo o arrefecem.

Como poderia ele fingir que nada viu?
Deixá-la ali sozinha no seu pranto?
Vê-la ali triste só e magoada,
Fazer de conta que nada sentiu,
Não notar sequer o seu encanto?
Pegou então aquela rosa ali pousada
Colocou-a na mão dela e sorriu.

Dali p'ra frente não mais andou sozinho
E finalmente ela encontrou o seu amor.
Sentiam que juntos se completavam
E viviam um para o outro com carinho.
Pintando o seu mundo com muita cor
Mostrando ao mundo que se amavam
Que só lado a lado fariam este caminho

Pela noite...

É noite, o outro ali,
entre as folhas de um arbusto.
Os seus olhos ardem.
Do outro lado,
do vidro da janela do teu quarto ,
o teu corpo surge sublime.
Finalmente o momento tão esperado.
O coração dele fica pequeno,
E bate cada vez mais forte.
Enquanto isso,
O teu homem dorme.
Olha-lo… e procuras nele,
uma razão para ainda ali estares.
O outro admira-te,
deseja-te no escuro,
sem coragem de se fazer notar,
ali… tão perto e tão longe.
Recostas-te na cama,
procuras o interruptor do candeeiro,
olhas a janela,
sorris e apagas a luz.
Tu sabias, ...

As minhas SMS

Tanta gente. Uns vem, outros vão.
Mas eu não te vejo, no meio deles.
Sinto tão pequeno o meu coração,
É só a ti que eu quero e não eles.

Sós nada somos

Vou ver o tempo que faz
Sem ter tempo para mim
Vendo todos,
aqueles que passam
e a quem só interessa, o fim.

Surpresos quando descobrem,
Que nada valem só por si.
Loucos não vão entender
Que os outros…,
São “eles” também.

Que de nada vale correr,
Atrás da própria sombra,
eles correm.
Muitos…,
Nem têm tempo para ver.
Nem para perder...
Eles dizem.

Mas tempo perdido foi,
aquele, que com dor,
os pariu sua mãe.

Os teus olhos

Esse teu olhar...
Que fura o meu peito,
Que me trespassa o corpo
E lhe ocupa as entranhas.
Que me domina por dentro;
Que me rouba a razão,
Me enche de ilusao,
Em nome da paixao;
Que sinto gotejar e crescer:
Lenta, devagar, com prazer,
Tomando conta do meu ser.
Tu corres-me nas veias,
A minha vida esteias,
És meu culto favorito.
Habitas o meu espirito,
No mais fundo da minha alma,
Onde nao entra vivalma...
Lá onde arde a chama,
Que por dentro me inflama,
Que me dá a vida e o alento,
A força, a paz e o sustento.
Tu és a minha crença,
Meu amor e minha querença.
Tu és o coração que bate em mim,
E sê-lo-ás sempre até ao fim.

Poema que não lês

Que dor amarga tenho eu
Que por entre lágrimas escrevi
Este poema que não lês.

Como carta se perdeu
Da minh'alma para ti
E que finges que não vês

No meio do teu desatino
Nem tão pouco te interessa
Que meus versos tenham destino

Fechas-me o teu coração
Bato em porta fechada
Como bandido sem perdão

Não me importa a frustração
Que causa tua boca calada
Á minha maltratada paixão

Mais vale de longe te ver
Talvez com outro, a sorrir
E a verdade já conhecer

Que uma vida a te querer
O teu perdão a pedir
E jamais o vir a ter

As minhas SMS

O tempo passa hora-após-hora,
Vivo teu amor em cada instante,
Ontem era menos que agora,
Amanha ainda mais abundante.

Hoje sonhei contigo

Hoje sonhei contigo
Sonhei com o nosso amor
A maneira como te digo
E te faço sentir esse amor
Em simples coisas que digo
Outras que faço por ti
As vezes que me esqueço de mim
Só para te ver sorrir
Ver teus olhos a brilhar
De felicidade sentir
É o que espero até ao fim
Sempre continuar a conseguir
Nesses lindos olhos o brilho colocar
Nunca ver lágrimas deles a cair
Acordar depois de te sonhar
Amar-te para poder dormir
Sentires este amor que te digo
Como eu sinto ao respirar
Porque hoje sonhei contigo

O silêncio do papel

Preciso do silêncio para te falar
Das coisas belas que ele me traz
Que em mim faz despertar
Mas sem ele não serei capaz

Memorias que os sonhos recordam
Imagens que a eles assomam
Aquelas que não consigo contar
Porque palavras me estão a faltar

E como o silêncio não se faz
Apenas poderei escrever,
Nesta folha que me apraz
O que te não consigo dizer.

E o som da caneta a roçar
Neste papel o silencio a rasgar,
Como peça musical vou compor
O que teus olhos no silêncio irão ver
Estes versos que rabisco por amor
Coisas belas que sempre te irei escrever

As minhas SMS

Sei que estás sozinha, mas estás bem.
Mau,… é eu não poder estar contigo.
Bom,… seria eu estar aí também,
E nos meus braços te dar abrigo.

Gotas de chuva

Reparei no lindo verde intenso
Nestas arvores dele vestidas
Pintadas de Primavera
Quadro de um Pintor genial

Admiro-as enquanto em ti penso
Recordo palavras sentidas
Abre-me o peito á quimera
Mergulho nesta paleta irreal

Por entre gotas de orvalho
Que acentuam nas folhas o brilho
Lágrimas que rolam pelo rosto
Daquele que sofre por amor

Como carta nao jogada d'um baralho
Ou rio que na enxurrada saíu do trilho
Como mar que foge ao Sol posto
Um coraçao apertado chora de dor

Confiança

Vê lá bem como é o amor
Que te traz triste e irado
Quando tu pela tua flor
Te sentes tão apaixonado

Mas aquela flor que é só tua
Também outros a podem ver
Sensual e esbelta pela rua
Sabê-la a passar te faz sofrer

Mas repara bem onde passa
Tantos vêem mas não tocam
Sua beleza impar que trespassa
Nossos olhos nela se focam

Mas os olhos lindos que tem
Por lá espreita seu coração
Revelam não pensar em ninguém
Apenas em ti que és sua paixão

Se a queres e amas de verdade
Sempre vais ter de acreditar
Não queiras saber a saudade
De a ver partir por desconfiar

As minhas SMS

Um beijo doce eu te daria,
Se estivesses mais perto,
Mas logo ao final do dia,
Podes tê-lo como certo.

Simetria

Eu olho-te______________Tu olhas-me
Eu toco-te_____________Tu tocas-me
Eu falo-te_____________Tu falas-me
Eu respiro-te__________Tu respiras-me
Eu sinto-te____________Tu sentes-me
Eu ouço-te_____________Tu ouves-me
Eu choro-te____________Tu choras-me
Eu lembro-te___________Tu lembras-me
Eu quero-te____________Tu queres-me
Eu sonho-te____________Tu sonhas-me
Eu pressinto-te________Tu pressentes-me
Eu desejo-te___________Tu desejas-me
Eu amo-te______________Tu amas-me

Cuidado, eles andem aí...........

Temos de ter muito cuidado
Com alguma gente lerda
Ou anda de bico calado
Ou abre a boca e sai merda.

Lembra-nos ainda aquele dia,
Que a Manela Leite veio advogar:
"-Suspenda-se a democracia",
Vamos por o país no lugar.

Agora vem de lá o Jardim
Que da Madeira é Patrao.

Quer para o cumunismo, o fim
Decretado na Constituição.

Aos poucos vamos vendo
Donde saiem e quem são
Aqueles que nos vao f...endo,
Mesmo velhos e sem tesão.

As minhas SMS

Teus olhos dizem-me tudo,
Tua boca nem precisa falar.
Se por vezes eu fico mudo,
É porque não há resposta a dar

As minhas SMS

Aí, onde tantas vezes olhámos o mar,
E sentimos misturar sonho e realidade.
Aí, onde á noite vimos a areia brilhar;
Nessa praia as ondas trazem mais saudade.

Tempo

Um dia, outro dia
Lentamente o tempo vai passando
Dia após dia
Devagar vai-me queimando
É um fogo que destrói
É qualquer coisa que queima
É qualquer coisa que mói
É qualquer coisa que teima
Que no fundo me dá prazer
Talvez seja a razão
A razão de tanto querer
De te sonhar à exaustão
Um dia outro dia
Nunca te vou esquecer
Dia após dia
Trago-te no coração
Mesmo que isso
Me faça sofrer

Aquele Instante

De que vale a esperança
Em um momento tão esperado
Se logo que o tempo avança
Eu perco o desejado

Fica apenas a ilusão
Daquele momento passado
A curta satisfação
De um instante tão sonhado

Mas vale a pena mesmo assim
Ainda que curto o momento
Ter-te apertada a mim
Leva-me qualquer tormento

E se o fim não é festejo
Desse momento acabado
Nasce-me de novo o desejo
Do teu corpo apaixonado

As minhas SMS

Á noite tudo é diferente
e quase sempre melhor.
O desejo... faz a cama quente
e faz transpirar o amor.

As minhas SMS

Amar também é saber esperar.
É ter fé e dominar a ansiedade.
Acreditar que o momento vai chegar.
Não se deixar abater pela saudade.

Conflito

Será que amanhã te vejo?
E… haverá amanhã?
Deixar-me-ão ver-te?
Ou tudo acabará?
Tudo e… todos
Que horror
Tudo será pó
Tudo em ruína ficará
Casas
Flores
Carros
Amores
Sonhos
Sensações
Realidades
Ilusões
A morte?...
Jamais haverá.
Antes
Tudo morrerá.

Desejo

Deitado...
na cama eu te esperava.

Entraste.

Sombras tremiam no tecto
Inventadas pela luz da vela
escondida pelo teu corpo.

Gestos de vai-e-vem...
movimentos sensuais de prazer
que me excitavam.

No tecto,
teus seios eram...
nuvens de algodão doce e
assim como a luz,
minha lingua tremia,
em busca do teu sabor.

Quanto tempo,
Quanto desejo sentido,
Fecho os olhos sinto o momento.
Me arrependo do tempo perdido.
Da espera.

Cheiros, sabores,
Reflexos e cores.
Sons e ruídos,
gestos e gemidos.

Admiro-te,
Fonte de amor e prazer.

Amo-te.

Aqui e agora, ficarmos sós,
Num mundo fechado só para nós.

Querer mais, sempre mais,
Afoga-me dentro de ti.
Mata-me de prazer.

Sufoca-me com o teu desejo.
Devolve-me a vida,
em cada orgasmo teu.

As minhas SMS

Sinto o tempo a passar,
Cada minuto sinto uma hora,
Só contigo queria estar,
Poder ir-me daqui já embora.

Festa de S. João

Na noite de S. João
Apanhei a bebedeira
Dei o corpo à bailação
Esqueci minha canseira

Quando p’la manhã acordei
Uma dor forte me ataca
Só então eu reparei
Que a doença era ressaca.

Mas logo volto prá festa
Talvez ela lá esteja
Agora vamos á sesta
Até a cabeça lateja

Mas hoje á noite não irei
Amigos, nos copos entrar
Só com ela bailarei
Só com ela eu quero estar.

De tudo o que se passou
Na noite de S. João
Só a imagem dela ficou
Na cabeça e no coração

As minhas SMS

Ás vezes sonho ser artista,
Contigo estar a contracenar.
No meu filme és protagonista,
És minha heroína, minha Star.

E nós...

Amanhece.
O dia a despontar.
E nós?
Entre beijos molhados
Nossos corpos suados,
Querendo amar.

Tudo desperta.
Flores a desabrochar.
E nós?
Membros cansados.
Instantes desejados,
Nao querendo parar.

Manhã diferente.
A cada olhar.
E nós?
Tantas noites passadas,
De amor inventadas,
E ainda a sonhar.

E a cada dia.
Dois corações a amar.
E nós?
De amor alimentados,
Sem nos sentir saciados,
Sempre a namorar.

Amar-te sempre

Queria eu amar-te sempre
Agora e para toda a vida
Sempre sentir por evidente
Pelo meu coração foste escolhida

Quero que não seja a idade
Entrave ou razão tão forte
Que esmoreça ou tire a vontade
A um amor que quero até à morte

Continuar a lembrar a cada hora
Sempre loucos mas com nexo
Tanto outrora como agora
O amor para além do sexo

Como é importante entender
Que os dois estão de mão dada
Mas o só primeiro faz viver
A nossa alma apaixonada

Outras crianças... outros dias

Ás crianças eu queria deixar,
Palavras lindas e de alegria,
Que, ao escutá-las fizessem sonhar
com um futuro de paz e harmonia.

Mas nem todos podem sonhar.
Se deitam de barriga vazia
E não sabem se vão acordar,
Para viver a dor de mais um dia.

Enquanto o mundo não quiser saber,
De milhões de crianças abandonadas.
Crianças tristes, doentes e a morrer;
Crianças que por adultos são violadas.

Como podemos abrir nosso coração,
Esquecer tudo isso e com elas brincar?
Aos nossos filhos ensinar a ilusão
E num futuro melhor acreditar?

Seria bom que quem governa este mundo,
Não se lembrar delas só neste dia.
Que fosse mais digno, humano e profundo.
Que governasse menos com hipocrisia.

Aos meus filhos

Nasceste tu, do nosso amor,
Feito com muito querer.
Fizeste nosso mundo melhor,
Amado filho do nosso ser.
Nossa vida vieste iluminar,
Trouxeste mais uma razão,
Ver teus olhos a brilhar,
Ilumina-nos o coração.
Nem sempre te poderemos dar,
Tudo com que vais sonhar,
Nem tão pouco deixar fazer,
Tudo o que vais querer.
Mas tudo isso é por te amar,
Ver-te um Homem a crescer.
Se dos teus olhos lágrimas caírem,
O meu rosto não vais ver sorrir.
Essas lágrimas, também me doem,
Viro-me, p’ra que não as vejas cair.
Meu querido filho e adorado,
Que nunca, nem por um momento,
Te sintas só, ou rejeitado.
Que sempre no teu coração,
Sintas nosso amor e carinho,
Que os uses como alimento,
Na aprendizagem e formação.
E sempre no teu pensamento,
Bem como no teu coração,
Sintas nos teus pais o ninho,
Quem sempre te amará de paixão.

As minhas SMS

Dói-me o peito de saudade,
Bate fraco o meu coração,
Sinto como uma eternidade,
Um minuto da tua recordaçao.

Que dizem meus versos?

Pediram-me para escrever.
Mas eu poeta não sou.
Só escrevo por não poder,
Guardar o que o coração ditou.

Ele vai ditando suavemente,
Ouço e escrevo com emoção,
Depois eu simplesmente
Leio e coloco a pontuação.

Mas no final quando vou ler,
Aqueles versos que escrevi,
Ás vezes custa-me perceber
De onde surgiu o que está ali.

Não foi da minha cabeça.
Tais coisas não saberia pensar.
Por mais estranho que pareça,
Foi tudo feito a sonhar.

Dia de aniversário

Hoje acordei mais velho...
Mas isso é em cada dia.
Amigos vem festejar,
Como se fosse uma alegria
este dia de aniversário.
Querem que me mostre feliz
Pedem todos que sorria
Sinto-me mais velho e digo:
-É mais um passo para o fim
e nao me chamem de otário.
Cada um de vós vem comigo
nenhum se vai rir de mim.
-Nada disso!! alguém diz
-Tu estás é mais experiente!!
Tenta convencer-me um amigo.
Mas de que vale a experiência,
Quando chega ao fim a vida?
Quando os sentidos fraquejam?
Se pressentimos a demência?
E o corpo está de partida?
Não quero viver enganado!
Não me queiram ter contente!
Vá-se o corpo fique a alma
E o meu coraçao apaixonado,
deixai-mo sentir tão sómente
e minha poesia lenta e calma.
Aproveitar cada dia desta vida,
como o ultimo... resistente
Mas se cada dia amar e for amado
E se o amor cantar eloquente
Nunca me sentirei amargurado
Esperando o meu fim tristemente
Mesmo tendo o corpo de partida
Viverei minh'alma intensamente
Até que chegue o fim não desejado
E me levarem o meu corpo já finado.

Os teus olhos

Trazem-me teus olhos ilusões.
Traz-me sonhos, teu olhar profundo.
Despertam-me para sensações,
Como nenhuns outros, no mundo.
Só tu sabes como gosto de olhar
Esses teus olhos mais de perto.
Como viajante gosta de encontrar,
Um luxuriante oásis no deserto.
Sem eles tudo parece escuro.
Em ti são eles quem me seduz.
Teus olhos são o meu futuro,
minha esperança, minha luz.

Estar em ti

Quero ser a canção
Que ouves ao acordar
A luz que te ilumina
Quando entras na escuridão
Quero ser o Sol, o calor
Que tua pele vai bronzear
Quero ser aquele
Que te faz sonhar de amor

Quero ser o teu mar
Poder sentir-te a nadar
Ser o ar que inspiras
Penetrar-te ao respirar

Quero ser teu alimento
Para a tua fome saciar
Ser o sangue do teu sustento
Não te sair do pensamento
Em todo e qualquer momento
Ser teu único sentimento
Dentro de ti quero estar

O sonho e o destino

Quero ver teus olhos reflectirem os meus
Ouvir o sussurro da tua voz ao acordar,
Sentir o veludo quente dos lábios teus
E os meus no teu corpo saciar.

Sonhei, realidade que sempre quis
Poder em cada dia contigo estar
Contigo dormir depois d’um dia feliz
Ter-te ao meu lado ao acordar

Quero sempre poder-te abraçar,
O teu coração sentir bem forte
A bater contra o meu peito.

Porque te amo de qualquer jeito.
Conhecer-te foi a minha sorte,
Vim ao mundo para te amar.

A ver o Mar

Sentei-me numa pedra a ver o mar,
A olhar toda aquela imensidão.
Um casal jovem a namorar
Nos seus sorrisos vi a ilusão.
Nos seus olhos via-os trocar,
Juras e promessas para uma vida,
Que sonham longa e de esplendor.
Mas há que saber viver…
Coleccionar os momentos especiais,
Outros menos bons com muito amor.
Viver todos eles intensamente,
Como se não houvesse mais.
E a cada dúvida que surgir…
Não deixar que seja semente,
Não esperar o que está para vir,
Mas esclarecê-la rapidamente.
Com sadia discussão…
E partindo com confiança,
O outro tem uma explicação.
Não mates nunca a esperança.
Que alimenta a vossa chama
E que sempre a vai mantendo
Pois todo aquele que ama
Por amor pode estar sofrendo

As minhas SMS

O amor é uma dádiva,
Que sempre devemos declarar,
Não paga taxa nem IVA,
Nao dá para vender ou comprar.

O espelho

Não há outra razão
Para eu estar tão diferente
Não há outra senão
Amar-te loucamente.

Viver é bom
Agora eu sei
São sonhos loucos
Meu amor
São projectos
Que há muito ensaiei
Que há muito imaginava
Com amor.

As minhas SMS

A minha musa, como vai?
Em trabalho ou em passeio?
Aproveita que isso distrai,
Mas nao entres em devaneio.

Sei lá...

Trouxe-me o tempo á memória
Coisas do nosso tempo
Que vivemos tu e eu
Em dias que já lá vão
E que montam nossa história.

Voam-me no pensamento
E que bom é de sentir
Que plantam no meu rosto
Sorrisos de felicidade
Que impedem o esquecimento.

Como é bom continuar admitir
Ver tão franca realidade
Que afinal és só tu,
Quem me dá o que me falta
Que ainda me faz sorrir

E se por vezes sinto saudade,
Da memória desse tempo
Logo viro o pensamento
Penso o dia que hoje vivo
Por ti, esta felicidade.

As minhas SMS

Quando se tocam nossos corpos,
Sentimos que a troca de calor começa,
Esqueçemos os ritmos e os tempos,
E até o sangue corre mais depressa.

As minhas SMS

São os teus olhos o meu Sol,
Deles recebo a luz e o calor,
Guiam-me como um farol,
Aquecem-me com tanto amor.

És o meu paraíso

Já nem os sonhos que tenho
São bons meu amor
Já a esperança se finou
No meu coração
Já só tu me consegues
Fazer sorrir
Só tu tens a chama
Que alimenta esta razão
Não… não quero ficar aqui:
Esperando que tudo passe,
Refugiado no meu medo,
adorando o insucesso,
Alimentando a frustração.
Na tua busca partirei,
e caminharei sem cessar.
Não mais consigo ter calma,
irei até onde for preciso,
só depois repousarei,
o meu corpo e a alma.
Tu és o meu paraíso.

As minhas SMS

A Primavera está a chegar,
Em qualquer lugar se vê uma flor.
Não há Estaçao que faça murchar,
Nosso longo mas ardente amor.