Soltam-se gemidos...

O Sol penetra a manhã escura.
Com ele, desperta o desejo.
A boca sente a secura
e os lábios… o primeiro beijo.
Entre gestos e sinais,
de um ritual repetido,
esta manhã, traz algo mais…
traz um desejo contido.
Quando um corpo estremece,
se o outro sente roçar…
então o amor acontece,
não dá mais para adiar.
Lá fora, acorda o dia,
inundado de luz e ruídos.
Cá dentro, com alegria,
de prazer, soltam-se gemidos.

9 comentários:

  1. Olá amigo, passando por aqui para deixar um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Olá Dilmar.
    Obrigado pela visita e pelo abraço deixado, que retribuo com votos de continuaçao de uma boa semana.
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Que lembrança tão boa!
    Que ajuda o dia a passar,
    O dia começa,o tempo voa,
    Fazes-me sempre a sonhar!

    Amo-te muito <3 adoro-te.
    Beijo forte quente e doce.

    ResponderEliminar
  4. Olá meu amor.
    O tempo voa,
    ...mas nem tanto...
    E uma lembrança boa,
    traz-me o teu encanto.

    Amo-te muito.
    Beijo doce e longoooooooooo.......

    ResponderEliminar
  5. Intenso em sentimentos, muito bom mesmo ! Parabéns, poeta ! Beijos.

    ResponderEliminar
  6. Olá Cria.
    Obrigado pelas tuas palavras.
    Bj

    ResponderEliminar
  7. OI, muito interessante seu blog, to passando aki pq vi q vc é seguidor do blog do meu amigo, Mailson, e por isso quero convidar vc para dá uma olhada no meu blog http://otaviomsilva.blogspot.com/
    desde Já agradeço, Forte abraço

    ResponderEliminar
  8. ...gemidos
    ...deixando sempre o gosto do quero mais...

    ResponderEliminar
  9. ...oie,
    se tiver um tempinho,vamos se distrair:
    http://coisasdeandreza.blogspot.com/2011/04/meme-literario-vamos-brincar-com.html

    ResponderEliminar